jornalbocadopovo.com - MANHUMIRIM (MG) - Direção João Rosendo - JOSÉ GERALDO BARBOSA
 

TELEFONE (33) 3341.1026

 
 
             
I
 

MANHUMIRIM EM DESTAQUE

 Por José Geraldo Barbosa

SEMANA DOS SETENTA ANOS DO PATRONATO (I)

 

Uma bela e interessante programação foi feita para celebrar os 70 anos do Patronato Agrícolas Santa Maria, de 25 a 30 de novembro. Desde a abertura na segunda-feira,25, os convidados fizeram questão de participar ao vivo, na bem cuidada sede do Patronato, onde se deliciaram com as palavras de abertura dos eventos pelo Superior Geral da Congregação, Pe. Mayrink-SDN e a interessante palestra “A importância da família na trajetória do assistido”, pela psicóloga Bárbara Loschi, seguida da bênção das famílias, pelo sacramentino Pe. Carlos André.

Na terça-feira, com enfoque nos “Doadores e Apoiadores”, foi feita uma digna recepção no salão nobre do seminário apostólico, no “Café com Empresários” (foto) e à noite no Patronato a excelente palestra “ A Importância da Parceria”, pelo Superior Geral eleito 2014/2017, Pe. Aureliano de Moura Lima – SDN, que ministrou a benção aos presentes.

 

SEMANA DOS SETENTA ANOS DO PATRONATO (II)

Com enfoque nas entidades de assistência social, a Gestora de Projetos Sociais do IMSNS-BHte., Cristiane Felipe deu uma magnífica aula com o tema “Captação de Recursos e Sustentabilidade das Entidades”, seguida da Secretária de Ação Social de Manhumirim, Aparecida Cunha, falando de sua experiência com os assistidos da APAE e também o empresário Xavier, de Espera Feliz (MG), falando muito bem de como ajudar quem precisa. Na quinta-feira, novas palestras, com Juliana da Silva (foto), Júlio César Oliveira Brum e Mírian, Assistente Social do Patronato; na sexta-feira, palavras sábias de Pe. Demerval-SDN, sobre o fundador de tudo isso, Pe. Júlio Maria, seguido de Noêmia Lopes, da Facig e ainda a entrega dos certificados. O povo em geral e a sociedade deveriam prestigiar mais esses eventos, haja vista a importância de um patronato numa cidade. No sábado, passeio ciclístico da fraternidade e missa dos 70 anos, na Matriz do Bom Jesus. Valeu a pena e foi uma bênção para quem participou!

 

CADEIA PÚBLICA É ASSUMIDA PELA SUAPI

A Subsecretaria de Administração Prisional assumiu a Cadeia Pública de Manhumirim a partir do dia 13 de novembro.

Autoridades prestigiaram o importante acontecimento, entre eles vereadores, promotora de justiça, juíza de direito, oficiais militares, delegados e representantes de conselhos municipais (foto).

A Suapi é responsável por gerir 27.965 vagas em 128 unidades do Estado, entre complexos penitenciários, presídios, casas de albergados, hospitais e centros de apoio e ainda mantém 2.497 vagas em APACs.

A entidade proporcionou cerca de 34 empregos diretos, como médicos, psicólogos, dentistas, serviçais, agentes prisionais, etc. e outros indiretos.

Cientes do benefício da conquista, entrevistas foram realizadas nas emissoras da Fundação Bom Jesus, esclarecendo que além de Manhumirim, só Manhuaçu e Abre Campo, foram contemplados.

(foto de Valdir Vieira)

 

NILCIENE E JÚLIO FILHO: A MELHOR FESTA DE CASAMENTO

Além de todo envolvimento espiritual dos noivos e dos familiares no enlace matrimonial dos jovens Nilciene e Júlio Albuquerque Filho, dia 16 de novembro, na Matriz do Bom Jesus, o acontecimento ainda marcou uma das mais belas festas da cidade. Igreja lotada, recepção em clube de luxo, orquestra e grupos de pagode, além da fartura e receptividade apresentadas, tudo contribuiu para o êxito desse abençoado enlace.

 

AGROINDÚSTRIA FAMILIAR DE MANHUMIRIM CADASTRADA NO IMA

Após meses de planejamento, muita correria, investimento, trabalho e paciência, o agricultor Júlio César Sathler Furtado assinou o tão esperado cadastro com o IMA-Instituto Mineiro de Agropecuária.

Um benefício para comercializar os produtos de origem animal/vegetal, como mel, queijos, lingüiças, cera, leite, etc. em todo Estado, onde vai constar o selo do Serviço de Inspeção Municipal/SIM.

O artigo 1º reza que está obrigado à habilitação sanitária todo agricultor familiar e o estabelecimento agroindustrial rural de pequeno porte que produza, beneficie, prepare, transforme, manipule, fracione, receba, embale, reembale, acondicione, conserve, armazene, transporte ou exponha à venda produtos de origem vegetal/animal.

(foto E/D: Érika Bittencourt, Bióloga; Josimar, Secretário de Agricultura; Darci, Prefeita; Júlio Empresário da Agro Industria e Dra. Magaly Flora, Médica Veterinária.

 

 

PARA ACESSAR MATÉRIAS ANTIGAS DO COLUNISTA JOSÉ GERALDO BARBOSA CLIQUE ABAIXO NO LINK:

CULTURA

 

Jornal Boca do Povo - CULTURA - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO -Copyright 2010 - Todos os direitos reservados