jornalbocadopovo.com - MANHUMIRIM (MG) - Direção João Rosendo - JOSÉ GERALDO BARBOSA
 

TELEFONE (33) 3341.1026

 
 
             
I
 

MANHUMIRIM EM DESTAQUE

 Por José Geraldo Barbosa

MANHUMIRIM NO “VI ENCONTRO NACIONAL DO TERÇO DOS HOMENS”

Pode-se dizer que “foi tudo de bom” a participação de cinqüenta integrantes de Manhumirim no VI Encontro Nacional do Terço dos Homens, em Aparecida do Norte (SP), dias 22 e 23 de fevereiro.

Desde a saída, com orações e louvores, os membros da caravana já se deram as mãos e ficaram assim, unidos como irmãos na fé, durante todos os eventos e até o regresso na segunda-feira, 24.

Alegria, espiritualidade, emoção e companheirismo foram as dádivas do Senhor para todos, que participaram da Missa de Entrega no sábado de manhã e à tarde do momento histórico do encontro com mais de 30 mil participantes de todo o Brasil.

E Manhumirim, através das belas palavras do coordenador José Maria, destaque no mundo inteiro, pela TV de Aparecida.

Viagem maravilhosa, pois no domingo, foram conhecer o belo e atraente campus da Canção Nova, em Cachoeira Paulista, participando da missa no Avivamento dos Carismáticos, farto e acessível almoço, visitas, passeios, compras de livros e admiração por num lugar onde se encontra uma estátua do saudoso Pe. Léo, um dos maiores ídolos desse importante movimento católico.

Um passeio desses merecia uma página inteira para agradecer ao Senhor tudo de bom!

(foto de Valéria Lemos: alguns integrantes em frente à Basílica)

 

FUNDAÇÃO BOM JESUS E A PRIMEIRA CONFRATERNIZAÇÃO DO ANO

Demonstrando organização, amizade e companheirismo, a bem estruturada Fundação Bom Jesus, administrada pelos sacramentinos, realizou dia 24, segunda-feira, mais um encontro para homenagear os aniversariantes do mês.

E cantaram parabéns para Heitor Vicente de Carvalho (16), um dos diretores da FBJ, professor e curso superior em História e Filosofia; Valdir Vieira (19), emérito comunicador, repórter, radialista e ainda, Assessor de Comunicação da prefeitura local, empregando conhecimentos do Curso Superior de Administração; e Geraldo Júnior (27), um campeão de audiência, com seu “Manhã Total”, proporcionando alegria a milhares de ouvintes, além de sólidas e bem direcionadas entrevistas, que com muito gabarito mostra seu profissionalismo e conhecimentos, da formação Superior em História.

As rádios Manhumirim AM e Terra FM vão muito bem, obrigadas... com a ajuda de todos os parceiros e colaboradores!

(foto de Meire Fófano- E/D: Bicudo, Cassiano, Mônica, Luana, Eli, Geraldo Jr., Heitor, Valdir, Pe. Edmilson, Marlon e Celestina)

 

PARA ACESSAR MATÉRIAS ANTIGAS DO COLUNISTA JOSÉ GERALDO BARBOSA CLIQUE ABAIXO NO LINK:

CULTURA

 

BLOCOS “SEGURAM’ O CARNAVAL DE MANHUMIRIM...

Sem dúvida alguma, há de se dar nota dez para os Blocos Carnavalescos Mulambada e Mula Atômica, pelo que têm feito a fim de animar o carnaval do município.

Graças a eles, milhares de visitantes comparecem todo ano, para saborear a amizade, a vibração e o entusiasmo de jovens anfitriões, que com muito sacrifício, conseguem organizar seus desfiles, recheados de atrações, fazendo com que todos voltem no ano seguinte.

Cada um tem um gosto para brincar carnaval, onde parecia haver muito mais alegria verdadeira e aplausos, quando se desfilavam as escolas de samba, os blocos populares, os bois-pintadinhos, mulinhas, entre outros.

O importante para o povo de Manhumirim é participar, “entrar no meio”, mas poucos têm condições financeiras e físicas, acompanhar essa frenética juventude que ainda tenta trazer um pouco de alegria para sua terra!

Parabéns...

(foto: Rainha do Mula Atômica em cartaz)

 

... E MUITOS SONHAM COM O CARNAVAL DO PASSADO!

Sim, porque a cidade era citada como uma dos melhores carnavais do Estado.

Era mesmo a Cidade Dínamo em tudo. Escolas de Samba, verdadeiras e autênticas, como Coqueiro, Em Cima da Hora, Estrela e Pingüim, blocos do naipe do saudoso Flor de Abacate, Banda Branca, Gatinhos, Esfarrapados, Das Piranhas, entre dezenas de outros, acolhiam milhares de integrantes, quer fossem pobres ou ricos.

O Clube do Grêmio, Salões de Festas, Clube dos Operários, Cabanas e Tendas, aconchegavam bons músicos, com rodas de samba, marchinhas, matinês, desfiles de fantasias, etc..

E claro, não se pode viver do passado, mas todos têm o direito de querer mais do carnaval: mais enfeites nas avenidas, mais iluminação nas ruas, mais pessoas satisfeitas na quarta-feira de cinzas.

Afinal quem conheceu, sabe que foi bom e é bom lembrar que Manhumirim vai fazer 90 anos. Então...

 

(foto de João Rosendo: Abre-alas do G. R. E. S. Pingüim)

 

 

Jornal Boca do Povo - CULTURA - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO -Copyright 2010 - Todos os direitos reservados