Notícias
 

TELEFONE (33) 3341.1026

 
 
             
I
Noticias
 

MOACIR DE CASTRO É HOMENAGEADO PELA CÂMARA DE MANHUMIRIM

A reunião da Câmara na noite de 13 de fevereiro de 2014 se tornou mais do que especial. A Câmara entregou ao Senhor Moacir de Castro Souza a Moção nº 001 previamente aprovada por unanimidade congratulando-o por toda sua história de vida  em prol do Município incluindo o fato dele ser integrante da Maçonaria assiduamente há 65 anos. A moção teve autoria do presidente da Câmara Dário Veiga, mas teve como coautores todos os vereadores.

 

Aos 87 anos de vida, olhar sereno, Sr Moacir demonstra porque se tornou um exemplo de caridade - já que sempre ajudou muitas pessoas - de honestidade e honradez. Preferiu não falar na Tribuna. Usou de sua habitual simplicidade para falar onde estava, na assistência, em meio a tantas pessoas que o homenageavam, e agradecer. Compondo o Plenário Oswaldo Frossard o presidente Dário Veiga, o vice Ivan Caetano, o secretário João da Casa Franco, os vereadores Benísio Enfermeiro, Dalbino Cler, Ana Paula Destro, Rodrigo Soares, Sérgio Borel, Roberto Bob, Sebastião Tristão e Helinho Mendonça. Estavam presentes muitos companheiros de Maçonaria, entre eles o Venerável Mestre da Loja Maçônica de Manhumirim e vice-prefeito Jésus Aguiar. Também estava presente um representante da Loja Maçônica Renúncia e Pureza de Alto Jequitibá, onde ele foi um dos fundadores. Em Manhumirim ele se filiou à Loja em 1963 e durante três mandatos foi eleito Venerável, sempre com o apoio e incentivo da esposa Sra. Neuzi Moreira de Castro. 

 

Homenageado possui a Comenda D. Pedro I

 

Em 2002 ele recebeu a Comenda D. Pedro I, tornando-se comendador, honraria concedida a poucos maçons do Brasil, desde que corresponda alto grau de dificuldades e exigências, uma delas, ter no mínimo 50 anos de atividade maçônica. O Maçom Jorge Luis da Silva destacou a personalidade do homenageado e leu seu histórico de vida, falando em nome da Loja Maçônica de Manhumirim.

O filho Moacir agradeceu em nome da família e se emocionou ao relembrar a mãe, já falecida e ao dizer o quanto foi um orgulho ser filho de um homem de bem como o Sr. Moacir e herdar seu nome. Ele lembrou que o pai tocou na banda de Alto Jequitibá durante 25 anos e que tem um carinho especial ppor bandas de música.

E a Banda Manhumiriense Irmã Cecília, dirigida pelo Maestro Vicente Martins e bem executada pelos músicos, tocou em sua homenagem o Hino Nacional Brasileiro na abertura da reunião e depois outras canções, entre elas um hino feito para Manhumirim e músicas da Igreja Batista, de onde ele é membro.

Durante a aprovação da moção que aconteceu na reunião de 6 de fevereiro os vereadores destacaram suas ações caridosas e sua dedicação aos menos favorecidos.

Relembraram experiências pessoais de convivência com o Sr. Moacir dando um testemunho de que ele realmente é um homem que faz a diferença não só ocupando cargos, mas em sua vida pessoal. Noite realmente especial e histórica na Câmara. 

 

Assessoria de Comunicação
Câmara de Manhumirim 

 

 

Jorge Luis falou em nome da Maçonaria parabenizando o amigo

 

 

 

Sr. Moacir de Castro agradeceu as homenagens

 

 

 

 

O filho Moacir Júnior, o presidente da Câmara Dário Veiga autor da moção, Sr. Moacir de Castro e Jorge Pechara (Balainho) amigo do homenageado e músico da Banda Irmã Cecília

O filho Moacir se emocionou ao lembrar da mãe, já falecida e do orgulho de ter um pai como Senhor Moacir.

A Banda Irmã Cecília se apresentou em homenagem ao Sr. Moacir

Os vereadores aprovaram por unanimidade a moção

 

 

 

 

 

 

 

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados