Notícias
 

TELEFONE (33) 3341.1026

 
 
             
I
Noticias
 

CONHEÇA MAIS SOBRE A AMAR

A AMAR (Associação dos Amigos Reunidos) de Manhumirim vem desenvolvendo um edificante trabalho ao longo dos anos.

Tendo a frente dos trabalhos o presidente Élio Rodrigues, vice-presidente Hélio Marcos Mendonça, secretária Geni Martins, segundo secretário Cleiton Guimarães e tesoureiro Ivomar Amaral Moraes, a entidade conta com o apoio de voluntários que colaboram com a realização das metas.

A fazenda terapêutica, hoje com mais de trinta internos, de Manhumirim e região, é considerada referência pelos órgãos especializados no tratamento de dependentes químicos.

Sob a orientação de psicólogos, nutricionista, dentistas e demais voluntários, os internos passam por diversas laborterapias, desde o cultivo de plantas, hortas, evangelização, até a realização de trabalhos manuais e conscientização do respeito e pela natureza.

Hoje a entidade atende vários internos, pessoas conhecidas em Manhumirim, e jovens e adultos de outras cidades também. Pessoas que buscam socorro no auxílio contra a árdua luta contra o alcool e demais drogas.

O ambiente foi todo adpatado e muitas das obras foram feitas pelos próprios internos, que além de cuidar da rede física da fazenda, ainda preparam a comida, lanches, lavam suas roupas e seguem uma agenda pré-estabelecida pelas regras do local.

Segundo o vice-presiente Hélio Mendonça:

"- Muitos que passam por aqui se recuperam e depois de alguns meses estão prontos para voltar ao convívio da sociedade. Não conseguimos a totalidade de recuperados, mas, os índices que atingimos nos deixam felizes em ver famílias reestruturadas e principalmente o ser humando ter de volta sua alto-estima e respeito pelos valores da vida. Aqui além das partes física e psicológica, ainda cuidamos dos dentes dos internos, reeducação alimentar e através de palestras e laborterapias resgatamos os valores que o cidadão havia perdido com a dependência química."

Hélio Marcos Mendonça tambem ressaltou e agradeceu ao João Rosendo, ex-vereador e presidente da Câmara de Manhumirim, que foi o autor do projeto da compra dos terrenos onde funcionam hoje a AMAR e o PARQUE DO SAQUI.

O vereador e vice-presidente da entidade Hélinho Mendonça ainda comentou:

-" Acho que você deve estar feliz com essa visita aqui hoje, não é mesmo João Rosendo? Sei da luta que você teve para que esse terreno fosse adquirido na época do prefeito Nico Franco, e o seu objetivo com a compra era o de preservar a natureza e criar algo que beneficiasse a comunidade como hoje é o caso da AMAR. E, por esse fato, respeitamos todas as leis e regras de proteção ao meio ambiente, tudo fiscalizado e monitorados pelos órgãos competentes."

E realmente foi o que aconteceu, pois hoje o local está preservado, várias áreas reflorestadas, a água aumentou e várias árvores foram plantadas ao redor dos mananciais.

E vale destacar que grande parte dos trabalhos foram realizados pelos próprios internos.

Presente também no momento da visita Sérvulo Barbosa (Tá Barbosa) que comentou que a AMAR precisa de mais apoio da comunidade.

-"Tem muita gente que colabora com a entidade, mas, precisamos de uma proximidade maior do povo de Manhumirim com a causa. Gostaríamos que mais pessoas visitassem a fazenda para ver de perto o trabalho realizado aqui. Hoje a fazenda terapêutica possui uma estrutura melhor do que a de Timóteo, isso, dito pelos próprios internos e familiares de dependentes químicos que já estiveram internados em outras fazendas que tem o mesmo objetivo".

Realmente ficamos impressionados com o trabalho realizado pela AMAR, que tem como objetivo recuperar dependentes químicos e socializar e resgatar a força de viver dos internos.

É lógico que caráter fazenda terapêutica nenhuma consegue resgatar e muito menos construir em um ser humano.

Mas, a força para superar o vício, a boa vontade de inserir o cidadão na sociedade, e principalmente o apoio psicolócio, social e o resgate da auto-estima, isso, sem dúvida a entidade faz muito bem...

Parabéns a todos que cuidam com tanto carinho e respeito de seres humanos, que muitas das vezes, nós mesmos viramos as costas e excluímos do nosso convívio.


Os remédios dos internos são ministrados na hora certa e com o acompanhamento dos monitores da fazenda

Na sala especial os internos recebem a visita de médicos e psicólogos

Os horários e a rotina da casa são pré-estabelecidos seguindo as normas de especialistas

Até mesmo a comida a ser preparada é catalogada e acondicionada pelos internos

As verduras e alguns legumes consumidos pelos internos são plantados e cultivados por eles mesmos em uma grande horta

A sala de televisão

Trabalhos manuais e artísticos feitos pelos internos

Banheiros e sanitários bem cuidados e com a máxima higiene

Lavanderia onde os internos lavam suas próprias roupas

Para os momentos de lazer e esportes o campo de futebol

Natureza e homem em completa harmonia

Vista aérea da fazenda terapêutica da AMAR

 

 

Hélio Marcos Mendonça -vereador e vice-presidente da AMAR e Sérvulo Barbosa (COMAD) convidam a sociedade de Manhumirim e região a conhecerem um pouco mais do trabalho realizado pela entidade.

A fábrica de vassouras é uma das terapias que os internos praticam

 

O cultivo de flores, plantas ornamentais e demais culturas fazem parte da rotina dos internos

Os animais da fazenda são cuidados pelos internos

 

A comida, seguindo cardápio de nutricionista, é preparada pelos póprios internos

 

 

 

A capela, ainda em construção, já funciona com a prática de atividades religiosas para os internos e necessita de ajuda da comunidade o término das obras

 

 

 

 

 

 

O quarto dos internos cuidado por eles mesmos, organização e muita higiene

 

 

O pantio de novas árvores e o cuidado com a natureza local é uma das metas da AMAR em respeito ao meio ambiente

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TEXTO E FOTOS: João Rosendo em 04 de agosto de 2014

 

 

 

 

 

 

 

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados