Notícias
 

 

 
 
             
I
Noticias
 

GREMISTAS QUEREM ELEGER DIRETORIA PARA O CLUBE VOLTAR A FUNCIONAR

Aconteceu na noite de 05 de janeiro de 2014, às 19.30 hs. na sede da ACIAMA, no prédio que percente ao Grêmio Manhumiriense de Desportos, a reunião onde gremistas traçaram planos para regularizar a situação do clube.

A pauta principal foi o questionamento de várias possíveis irregularidades praticadas pelo atual gestor (e não presidente) Mário Heringer, como abandono do campo, falta de prestação de contas e várias infrações no que diz respeito ao estatuto do G.M.D.

Segundo o Sr. Manoel Gabriel Sobrinho (Manoel Donato) o Sr. Mário Heringer não é presidente do Grêmio, pois foi indicado pelo Sr. Georges Bracks e não foi eleito, como prevê o estatuto.

-"O Georginho convidou o Mário para ser gestor do Grêmio, fez uma ata e saiu pedindo assinatura de alguns sócios e beneméritos. Isso em 1998, de lá pra cá o Mário Heringer não fez nem uma reunião sequer, não consultou os associados para nada e ainda alugou o campo e o Biotônico para festas e cobrou estacionamento dentro do estádio. Coisa que acho um absurdo, pois um dia eu fui na exposição e ele me perguntou dentro do campo onde estava o meu carro. Respondi que estava perto da rodoviária, pois eu joguei tanto neste gramado que não tenho coragem de colocar meu carro em cima dele, respondi. Portanto, senhores e senhoras presentes, o Mário Heringer não é presidente do Grêmio Manhumiriense de Deportos, pois ele não foi eleito, foi indicado como gestor, isso em 1998, de lá para cá não foi registrada nenhuma ata em cartório e ele não reuniu com os associados, o campo está abandonado, não temos mais times e o clube está sem administração. Não fazemos nem questão da prestação de contas dele sobre os estacionamentos a vinte reais cada carro e do aluguel dos 16 anos para festas no biotônico. Queremos sim é eleger um presidente que trabalhe e dê satisfação para os beneméritos e associados. O Grêmio não é do Mário Heringer, é do povo que ama o esporte na cidade! Vários gremistas antigos morreram chateados com a atitude do Mário Heringer à frente do clube, dou como exemplo o Nazinho e o Célio Almeida. Portanto chega! Cansamos, está na hora de botar ordem na casa." desabafou o Sr. Manoel Donato.

Também fez uso da palavra o Sr. Roberto Godoy, que estava com a procuração de um dos sócios beneméritos do clube, e que durante dias pesquisou em cartório as possíveis irregularidades do gestor do clube:

- " Na reunião passada tentaram me desqualificar dizendo que eu não sou ninguém na cidade e fui ofendido várias vezes durante a reunião. Quero deixar bem claro que estou agindo a pedido de antigos gremistas e não tenho pretenção e nem posso, pelo estatuto, ser presidente do clube. O que quero é movimentar a parte de esporte com a ajuda de vários empresários que se afastaram por causa da atual gestão, e que pretendem voltar a colaborar com a formação de times e reativar o clube que está parado há quase dezessete anos. Fui até ameaçado de morte quando fui tirar as fotos do estado em que se encontra o campo do Grêmio, que atualmente só serve como estaciomento para festas que acontecem na cidade e não possui um time oficial do clube. Fizemos tudo como manda o estatuto, afixamos edital, enviamos comunicado pelos correios e estamos fazendo tudo amparados pelo Estatuto do Grêmio. E o meu pensamento é o mesmo da grande maioria não só dos gremistas, mas principalmente do povo de Manhumirim que não está satisfeito há anos com a gestão ditatorial do Mário Heringer que não consulta os associados para tomar suas decisões e nunca prestou contas destes quase dezesseis anos como gestor indicado pelo Georges Bracks, pois nem eleito, como manda o estatudo, ele foi. Nosso objetivo é reativar o clube e voltar com o nome de grande time do Grêmio, como acontecia no passado; e como disse o Sr. Manoel Donato, o Grêmio não é do Mário Heringer, é do povo que ama o esporte."

CHAMAR A POLÍCIA PARA ANTIGOS GREMISTAS E SENHORAS VIÚVAS?...

Sr. Patrick Drumond, com mais um advogado, estiveram representando o gestor Mário Heringer, e ao iniciar a reunião disse que iria chamar a polícia para fazer um Boletim de Ocorrência, pois somente o presidente poderia convocar a assembléia. Mas, foi retrucado pelos Srs. Manoel Donato e Roberto Godoy, que disseram estarem agindo de acordo com o estatuto da agremiação e que Mário Heringer não é presidente do Grêmio, pois não existe ata registrada em cartório dos anos em que ele agiu como gestor do clube.

Depois disso o Sr. Patrick Drumond afirmou que tudo que foi solicidado na reunião será atendido por Mário, dentro do prazo de quinze dias.

Desde a prestação de contas dos quase dezesseis anos de aluguel para festas, estacionamento e também a parte burocrática, com todos os documentos serão apresentados, afirmou o representante de Mário Heringer.

- "O Mário Heringer não tem a intenção de prejudicar ninguém e muito menos o clube do Grêmio. Garanto para vocês que ele vai resolver todas estas questões e vai apresentar os documentos que vocês estão pedindo, pois ele é um grande benfeitor não só de Manhumirim, mas de diversas cidades deste estado. Portanto, podem ficar tranquilos que tudo será resolvido da melhor forma possível." afirmou Patrick Drumond.

Uma das senhoras presentes também questionou:

- " O Dr. Mário Heringer tem clínica no Rio de Janeiro, é deputado federal e fica mais em Brasília, ele não tem tempo para administrar o Grêmio. Isso ficou mais do que provado nesses dezesseis anos que o clube ficou ocioso e o patrimônio sem nenhuma benfeitoria. Nem mesmo uma verba sequer ele conseguiu para a agremiação durante todo o tempo que ele é deputado. Vamos deixar quem quer trabalhar começar a agir."

A reunião terminou com a ata sendo lavrada e assinada pelos presentes, ficando marcado o prazo de quinze dias para que o gestor Mário Heringer apresente o que foi pedido pelos beneméritos e sócios presentes.

A reunião aconteceu com a presença da imprensa local, familiares de sócios, beneméritos e convidados.

Sr. Dário Porcaro e José Belletti, animados com a nova diretoria que será eleita em breve

O Sr. Manoel Gabriel Sobrinho (Manoel Donato) falou e mostrou no painel as ações tomadas pelo gestor Mário Heringer sem consultar os associados. Relembrou que jogou vários anos no Grêmio e se sente triste ao ver o clube abandonado, sem time e sem cumprir a sua meta maior que deveria ser incentivar o esporte na cidade

O Sr. Patrick Drumond, representando Mário Heringer, no início da reunião queria chamar a polícia militar para fazer um boletim de ocorrência, alegando que somente o presidente poderia convocar a reunião. Mas, desistiu depois que o Sr. Manoel Donato disse que tudo estava sendo feito de acordo com o estatuto do Grêmio e que o Sr. Mário Heringer não foi eleito presidente -"ele é apenas um gestor indicado pelo Georginho Bracks"

Mário Heringer, devido à outros compromissos, não compareceu e foi representado por Patrick Drumond que afirmou: -"Toda a documentação que foi solicitada, inclusive a prestação de contas dos dezesseis anos de gestão, serão apresentados, pois o Dr. Mário Heringer não tem a intenção de prejudicar ninguém e muito menos o Grêmio. Ele é um benfeitor da cidade e de toda região"

A ata foi lavrada relatando todos os fatos, comentários e explicações feitas durante a reunião

Segundo os associados e beneméritos do Grêmio as festas acontecidas no gramado do campo foram realizadas sem consultar a diretoria

Possíveis irregularidades constatadas na parte burocrática do clube, fornecidas pelo cartório

 

Garrincha no campo e Elza Soares no show do Clube: assim era o Grêmio do passado

Nomes como o do Sr. Abdalla foram lembrados na reunião

 

Viviana Almeida, Dário Porcaro, Floriza, Roberto Godoy e José Belletti

José Belletti exibe um caderno de sua propriedade onde estão registrados todos os benfeitores que colaboraram com a construção do estádio do Grêmio.

Assinaturas de João Frossard, Cláudio Luiz Bórchio,Dona Acidalia Breder, Dr. Gerônimo Bernardino, Juvenal de Almeida (Nazinho) dentre outros que colaboram com dinheiro, cimento, tijolos para a construção do estádio, que segundo o Sr. José Belletli: -"Era uma época em que as pessoas ajudavam o esporte da cidade"...

Públio Nolasco e Rui Brant, benfeitores do clube, assinaram a lista de ajuda para a construção do Estádio Dr. Emílio Miguel Khede

Sr. Dário Porcaro, da família que doou o terreno para a construção do estádio do Grêmio e Georges Bracks também estiveram presentes na reunião. George comentou que entregou o Grêmio para o seu amigo Mário Heringer com sessenta mil reais no caixa

Os participantes da reunião ouviram atentos as explicações das partes

O Sr. Roberto Godoy disse ter sido ameaçado com uma faca pelo vigia do campo quando foi fotografar o local, foi até a delegacia de polícia e registrou um boletim de ocorrência

ALGUMAS DAS FOTOS TIRADAS PELO SR. ROBERTO GODOY ECARD APRESENTADAS NA REUNIÃO

Garrincha e Marcelo Faria nos bons tempos do Grêmio

 

Célio Almeida morreu chateado com a situação que o clube se encontra, segundo fala do Sr. Manoel Gabriel Sobrinho (Manoel Donato)

 

 

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados