Notícias
 

 

 
 
             
I
Noticias
 

TRE BARRA CANDIDATURA DE EX-PREFEITO FICHA SUJA QUE NÃO TEVE SUAS CONTAS APROVADAS PELA CÂMARA MUNICIPAL

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu o pedido de registro de candidatura a deputado estadual do ex-prefeito de Barra do Garças, Zózimo Chaparral (PC do B).

Barra do Garças é um município localizado na região Centro-Oeste do Mato Grosso..

O indeferimento foi por unanimidade em ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral que o enquadrou o comunista na Lei da Ficha Limpa, já que possui condenação imposta por colegiado.

 

De acordo com o TRE, Chaparral teve as contas rejeitadas pela Câmara de Barra do Garças entre os anos de 2005 e 2008, período em que administrou o município.

 

À época, acolhendo parecer do TCE, os vereadores reprovaram os balancetes de sua gestão, que apresentaram irregularidades insanáveis, entre elas abertura de crédito suplementar sem prévia autorização, ferindo a Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

A decisão do Legislativo o deixou inelegível por oito anos.

 

Mesmo sabendo do risco de uma eventual impugnação, o ex-prefeito apresentou seu nome na convenção do PCdoB e teve sua candidatura a deputado estadual homologada pelo partido.

 

Chaparral alegou   que havia recorrido da condenação e estava tranquilo em relação a um possível pedido por parte da Justiça Eleitoral.

 

Mas, a decisão foi contrária e ele não pode ser candidato além de ficar inelegível por oito anos.

 

O caso de de Zózimo Chaparral é idêntico ao do ex-prefeito de Manhumirim, Ronaldo Lopes Correa (PT), que também fez abertura de crédito suplementar e teve suas contas rejeitadas pelo Ministério Público de Contas do Estado de Minas Gerais.

 

 

 

Publicado em 06-11-2014

Zózimo Chaparral, ex-prefeito de Barra do Garças, teve sua candidatura barrada pelo TRE porque suas contas não foram aprovadas.

 

 

 

 

 

 

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados